Existem 3 fases da ignorância: Não saber que não sabe. Saber que não sabe. Não saber que sabe. Qual a sua?

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

D'atada

É tanta vivência / sofrência
Correria, o
dia
Passa
No plural,
voa

Vão

A esperança voa, quase como
se
se
perdesse

Assim indo
Assim vai
Quando vai ver,

na agenda, no calendário,
somam risquinhos
rápidos
em cima e por sobre
os cada 30, 31, 28...

(ar) riscados
(in) superados
(ousa) e
(melo) dias

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Sentimundo

Alguma peça vêm querendo me pregar
Isso tudo que só aparece na hora de deitar
E já deitada
Seduzida pela preguiça
Impossibilitada

Todas, elas, ideias, ambições, sensibilidades, genialidades
Algo tenho desenvolvido para pegá-las
Estas que me pegam

Mas

Hoje não quero dormir
Não se pode interromper esse estado, agora,
para dormir
apagar

Justo hoje,
que descobri o que é a Arte
plástica
Nada

O dia em que quis ser
O dia em que sinto todo o meu destino - como diria ele
E escrever
e os direitos humanos
e a intelectualidade
sociedade

Todo o mal que por todos os lados se aparece como nunca
Toda a História

As palavras que ainda não sei o significado
quero todas
aprendê-las hoje
antes de dormir

sexta-feira, 29 de maio de 2015

6 meses e 1 adeus


quando um burro fala,
o outro abaixa a orelha

assim também é com os poetas,
seus burros!

quando um escreve,
o outro lê

e assim fica-se cada vez
mais escritor
mais burro

é por isso
que se inicia
em minha vida
um momento

de silêncio
de leitura

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

nessassidade

em são paulo
é frio e calor
e folhas de outono
e também um puta sol

pra mim,

muitas vezes,
é consolação, paulista, república e santa cecília

são não tão sãs

quatro
oito
estações

nessassidade